Recomendação: Persona 4 The Animation

Shin Megami Tensei: Persona 4, popularmente chamado apenas de Persona 4, é um RPG para PlayStation 2 produzido pela Atlus. Cronologicamente, é o quinto episódio da série Persona, spin-off de Shin Megami Tensei.

A adaptação em anime possui 25 episódios, e consegue desenvolver muito bem os personagens e a história. É bem fiel ao jogo, o que é maravilhoso, visto que o jogo possui enredo e jogabilidade muito atraentes. Bom, vamos ao enredo!

Yuu Narukami é um garoto que, em função do trabalho de seus pais, muda constantemente de cidade. Sendo assim, ele foi passar um tempo na casa de seu tio, na pequena cidade de Inaba.

Pouco após a sua chegada, a cidade vivencia um misterioso assassinato de uma mulher, a qual foi pendurada em uma antena. Yuu começa a prestar mais atenção nos boatos que ouve na escola, a respeito de um misterioso canal de televisão que, à meia-noite, durante os dias chuvosos, exibe uma misteriosa silhueta, que os estudantes que espalharam o rumor acreditam ser sua “alma gêmea”. Pouco tempo após a exibição da cena neste canal, denominado “Canal da Meia-Noite”, sempre que há neblina, ocorre um assassinato.

Indagado com os rumores, nosso protagonista decide assistir ao Canal da Meia-Noite, e passa por uma experiência um tanto quanto assustadora. Ele descobre que é capaz de “atravessar” aquele canal, e ir para um outro mundo, onde criaturas sombrias habitam.

No decorrer da história, Yuu cria amizade com vários de seus colegas de classe, mas é na companhia de Chie Satonaka, Yousuke Hanamura e Yukiko Amagi que ele descobre inúmeras coisas sobre o mundo por trás da TV, e passa a relacionar o canal da meia-noite com os assassinatos. Pararelo a solucionar os casos sem resposta da cidade de Inaba, Yuu e seus amigos lutarão em diversos cenários temáticos dentro do “outro mundo”; para isso, eles utilizarão seus Personas, que são manifestações despertas de seus “Eus verdadeiros”.

Izanagi, Persona de Yuu, desperta

Com relação a animação, o anime é bom, mas não trouxe nada de inovador. Tem cores vibrantes e chamativas assim como no jogo, mas não chega a ser tão cativante. A trilha sonora é excelente, mas o motivo pela qual você deve assistir a esse anime, tendo ou não jogado o game, é o enredo. Tudo se desenvolve em um ritmo perfeito, tanto os personagens quanto à história em si. A história não é tão inovadora assim, mas é muito bem construída e surpreendente, não é daquelas que tem um final óbvio. Por falar em final, no jogo há finais alternativos. O filme Persona 4: The Factor of Hope resume os 25 episódios do anime e apresenta o “True End”.

E você, já assistiu ou jogou Persona 4? O que achou? Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *