Mangá erótico Sweet Punishment ganha anime

A adaptação em anime do mangá Sweet Punishment, de Shō Izumi, terá 2 versões, sendo uma “normal” e outra sem censura. A estréia será no dia 1 de abril, no canal japonês Tokyo MX.

 

A “versão completa” do anime com “cenas explícitas adicionais” será exibida também no dia 1º no serviço de streaming da ComicFesta.

 

Serão constituídos dois elencos, um para a versão “normal” e outro para a versão sem censura. Confira:

 

Yoshitaka Yamaya (normal) e Kazuma Hoshino (sem censura) como Aki Myojin, o guarda.

 

Marie Miyake (normal) e Yun Sachi (sem censura) como Hina Saotome, uma jovem presa mesmo alegando inocência.

 

Yoshiki Nakajima (normal) e Undokai (sem censura) como Yamato Higa, um vice-chefe da organização yakuza Kenzaki que vai proteger Hina.

 

Koudai Sakai (normal) e Taichi Shimone (sem censura) como Kiyonori Yakumo, amante de Hina.

 

Haruki Ishiya (normal) como Tsuyoshi Samejima, o chefe da organização yakuza Kenzaki (o dublador da versão sem censura não foi divulgado).

 

Takafumi Maeuchi (normal) e Kokushikkoku (sem censura) como Takeru Igarashi, um membro da organização yakuza Kenzaki.

 

Sinopse:

 

“Ajoelhe-se diante de Aki Myojin”. A história se passa em uma prisão no futuro ano de “20XX”. Ele gira em torno de Hina Saotome – uma mulher que trabalha em um escritório aprisionada apesar de sua inocência – e o guarda elegante e sádico Aki Myojin. O coração e o corpo de Hina estão à mercê da “cruel e doce dominação” de Myojin, dos exames físicos e até das visitas na prisão de seu amante. A legenda do título do mangá original traduz-se como “Eu sou o animal de estimação particular do guarda”.

 

Fonte: Aqui!

Um comentário em “Mangá erótico Sweet Punishment ganha anime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Otaku