Criador de Samurai X recebe multa de 200 mil ienes por posse de pornografia infantil

O Ministério Público de Tokyo indiciou o mangaká Nobuhiro Watsuki (nome verdadeiro: Nobuhiro Nishiwaki), de 47 anos de idade, por posse de material pornográfico infantil. No mesmo dia, ordenaram que Watsuki pagasse uma multa de 200,000 ienes (cerca de US $ 1,900).

 

De acordo com o Ministério Público, Watsuki possuía vários DVD’s com vídeos de meninas entre 10 e 14 anos nuas, e outros materiais em outubro passado. As autoridades estavam pesquisando a casa de Watsuki como parte de uma investigação diferente, que o vinculava à compra de DVDs com pornografia infantil. A Polícia Metropolitana de Tokyo encontrou os DVDs no escritório de Watsuki em Tokyo.

 

A polícia acusou Watsuki em novembro, de possuir vídeos pornográficos desde julho de 2015. Em seu depoimento, Watsuki disse que “gostava de meninas que estavam na escola primária e também das que estavam no final do segundo ano do ensino médio”.

 

 

A posse de pornografia infantil no Japão pode levar a prisão por até um ano, uma multa de até 1 milhão de ienes (cerca de US $ 8,800), ou ambos.

 

Watsuki é um mangaká conhecido principalmente por sua obra intitulada Rurouni Kenshin (que aqui no Brasil chegou como Samurai X). O mangá rendeu vários filmes, inspirou live-actions, um anime, e alguns OVA’s.

 

Gostou da matéria? Clique no sininho para receber mais novidades e ficar sempre por dentro!

 

Fonte: Aqui!

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Otaku
Assign a menu in the Left Menu options.
Assign a menu in the Right Menu options.