Criador de Gantz critica o filme-anime Shita kara Miru ka? Yoko kara Miru ka?

Embora algumas críticas tenham super-estimado o filme Shita kara Miru ka? Yoko kara Miru ka? (Fogos de artifício, Devemos vê-lo do lado ou do fundo?) em especial pela música Uchiage Hanabi, muitos ficaram desapontados, como é o caso de Hiroya Oku, criador de Gantz.

 

O filme estreou sexta-feira nas bilheterias japonesas, e Oku foi assistir. Em seu twitter, ele escreveu: “O desenho é como um anime de televisão noturna, a conversa progride convenientemente e não entendo o que os personagens estão pensando”. Ele disse que estava entediado enquanto observava o filme, e o único bom ponto era a música.

 

Oku então esclareceu que ele não tem nada contra os cineastas, e não se surpreenderia se o filme se tornasse um sucesso. Ele acredita que outras pessoas podem desfrutar do filme, e outras, obviamente, terão suas próprias impressões individuais.

 

Todavia, Oku elogiou a obra de Makoto Shinkai, Kimi no Na wa. Ele disse que o filme tem uma qualidade de entretenimento forte, roteiro interessante e animação e arte de fundo que podem superar as do Studio Ghibli. Ele acredita que o esforço de Shinkai vale a pena louvar porque “é bastante difícil criar um trabalho da indústria cinematográfica japonesa hoje”. Oku também descreveu o filme como um “trabalho raro” que aproxima as técnicas de Hollywood ao combinar o anime japonês e a originalidade de Shinkai.

 

 

Voltando ao assunto, Shita kara Miru ka? Yoko kara Miru ka? é definido em um dia durante as férias de verão, e segue um grupo de meninos que tentam ver uma exibição de fogos de artifício do farol da cidade para ver se eles parecem arredondados ou planos quando vistos de lado. Enquanto isso, um dos meninos, Norimichi, recebe um convite de Nazuna para fugir com ela.

Incluindo o Japão, o filme será distribuído em 110 países e regiões.

 

Fonte: Aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *